15 de outubro de 2012

Pra que estudar se meu futuro é a paquetá ?

Pra que estudar se tem a "Paquetá"? Nalgum lugar da rede pública de ensino em Pentecoste... Parte dos professores dando maior gás no intuito de contribuir com o futuro dos estudantes se deparam com os seguintes questionamentos (desestimulantes e irônicos): Professor/a: - Pra que estudar se meu futuro é a paquetá (empresa do ramo de calçados)? Estudar pra que se meu futuro é o ateliê? Os políticos já sabendo dessa demanda futura, já prometem, se eleitos: irão expandir o número de galpões e o número de empregos. Nada contra a geração de empregos e renda pra população local, porém "amarrar" votos a este tipo de promessa leva-nos a pensar que educação realmente não gera votos, pois se assim fosse teríamos em Pentecoste as melhores escolas, os professores mais bem remunerados, valorizados e felizes com suas profissões. Por fim, vale questionar também a qualidade de vida das pessoas (carga horária, remuneração, direitos trabalhistas respeitados, relações humanas, etc) que trabalham nessas empresas subsidiadas/apoiadas pelo governo local. A única opção de trabalho destes jovens será a fábrica? outros setores produtivos também não deveriam ser estimulados? Resposta dos políticos: bem... gera votos? se gerar, a gente topa! Caso contrário, ficamos só no discurso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts Relacionados

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
produzido por ESG WEB MASTER